Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

Desafio nº12 – Vamos falar de sexo?

 
Eu sei, estão todas a pensar, mas que raio de desafio é este?
E têm razão. Quer dizer, falar sobre sexo é hoje em dia a coisa mais comum.
Pega-se numa qualquer revista, para mulheres ou para homens e invariavelmente, até porque os estudos apontam para que quando na capa aparece a palavra sexo, vendem muito mais, mas dizia eu, aparecem guias, formulas, enfim um manancial de informações sobre o assunto.
 
Mas serão reais estes textos, estes testes para saber se encontrou o seu parceiro de cama ideal, estas listagens do que fazer para apimentar a sua vida sexual, etc., etc.?
 
Pois eu acho que não. Creio mesmo que não há nada mais frustrante do que ler um destes artigos.
 
Orgasmos múltiplos? Zona G? Kama Sutra?
 
Vamos cair na realidade se faz favor e a bem da nossa cabeça, e das nossas relações afectivas!
 
É tudo muito bonito e cor-de-rosa mas ninguém explica o reverso da medalha.
O sexo não é algo que se possa encaixar num qualquer questionário.
 
Claro que depende da nossa idade, da fase da vida, se estamos sozinhas ou acompanhadas.
E depois, é preciso dizê-lo, a principal causa/consequência da nossa vida sexual é apenas uma coisa: A REALIDADE!
 
Quando se escreve sobre sexo, fica para trás a realidade.
As crianças no quarto ao lado, a tampa da sanita levantada e a roupa espalhada pelo chão, o cansaço total após um dia de trabalho fora e dentro de casa, a maldita rotina e muito mais.
 
Mas quando lemos uma qualquer revista, somos levadas a sentirmo-nos culpadas, inferiorizadas, anormais.
 
É como se fora das nossas portas, toda a gente andasse a navegar no sétimo céu dos orgasmos e do sexo todos os dias, isto a par das fotografias que acompanham os ditos artigos, e onde as mulheres são sempre lindas de morrer e nós, somos apenas...mulheres normais.
Pois digo-vos eu que é tudo uma grandessíssima treta!
 
E já agora, quantas de nós fala sobre a sua vida sexual? Quantas de nós temos uma amiga verdadeira a quem possamos dizer que a coisa não anda lá muito bem por todas as razões apontadas?
 
Uma coisa é certa. Uma vez mais, minhas amigas compete-nos a nós apimentar a coisa!
E se conseguirmos fugir um fim-de-semana para qualquer lado, então talvez tenhamos direito a um pedaço do dito céu!
 
Se tal não for possível, temos mesmo que dar volta à imaginação, e pedir a nós mesmas mais um esforço para fugir à rotina e ao cansaço.
 
Não acreditem nessas histórias que por ai andam! Se fossem verdade, as ditas revistas também estavam cheias de histórias de casamentos felizes, em vez do troca e vira dos divórcios!
 
A realidade é muito menos estimulante do que o sonho. Mas viver a sonhar pode ser perigoso!
 
E aqui fica o meu desafio: Conte-me a sua história ou a sua opinião sobre esta era do prazer total!
 
Um abraço, e até para a semana.
 
 
 
 
 
 
 
publicado por Luísa Castel-Branco às 12:53
link do post | comentar | favorito
45 comentários:

Comentar post


Vox pop - E viva Campo de Ourique e as histórias felizes!

Fui lá armada em esperta. A intenção era saberm se aquelas mulheres que ali trabalhavam no Mercado de Campo de Ourique tinham sequer sabido da comemoração do Dia Internacional da Mulher.

E não é que todas, apenas uma excepção, tinham recebido presentes, eram casadas há mais anos do que imaginamos que ainda existam casamentos em Lisboa ?!

Toma lá Luísa para aprenderes!

posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds