Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

A resposta de Chuck ao Desafio nº19

Chuck Gary disse sobre Desafio nº19 - 0s homens não choram? na Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008 às 03:12: 
     

 

 

É claro que os homens choram! E até são piegas, e por vezes choramingas!
Mas...não fica bem!
A dôr física, em geral, talvez a suportem melhor, (perguntem nas enfermarias de qualquer hospital, quem se queixa mais), mas a "dôr d'alma" só a quem não tem alma, não faz chorar!
É "de macho" suportar a dor física, transportando-a de forma "elegante" (audit "Dor Elegante" - Zélia Duncan).
Mas a pena, a tristeza e até a alegria, tanto faz chorar o Manel, como a Maria!
Nãp adianta tentar disfarçar! Não o tentem negar!
Os meninos aprendem cedo a controlar a choradeira, ao ouvir a mamã sussurrar "chiu, um homenzinho não chora!" - as meninas aprendem a chorar desalmadamente por tudo ou por nada! E até lhes fica bem!
Mas quando dói a valer...seja no corpo ou no espírito, só não chora quem está morto! Nos sentidos, ou nos sentimentos!
E não falei do chôro sem lágrimas, mas suponho que o tema deste desafio se cinja ao chôro lacrimejante.
Parabéns pelo seu blog, fica o desabafo.
Saudações,
Chuck

 

 

Chuck,

Pois. Tocou no ponto fraco ,disso não tenho duvidas.

Mas será que ainda é assim hoje em dia?

Escrevo esta frase e rio de mim mesma, claro que continua-se a educar os rapazes com essa máxima perfeitamente idiota de que "os homens não choram" e depois pela vida inteira é-lhes pedido que sejam os protectores mas ao mesmo tempo que sejam sensíveis  porque as mulheres querem encontrar essa qualidade nos seus parceiros.

Contudo, será que para além da educação não existe nos homens uma tendência para o silêncio, principalmente no que toca ás dores da alma?

Creio que os homens falam entre si de sexo, mas raramente das mágoas, como se o seu papel viril tivesse também que ser preservado junto dos outros machos.

E pode chorar-se sem verter uma lágrima. Por vezes, é até bem pior porque é como se o coração se rasga-se por dentro.

Portanto, Chuck, a minha pergunta para si é a seguinte: Entre os amigos os homens falam dos seus desgostos, duvidas ou desorientações?

Eu e as outras mulheres muito lhe agradecemos a informação.

Só podemos amar o outro se o compreendermos. E amar em todos os aspectos até no âmbito da amizade.

Aguardo a sua resposta e desde já obrigada.

 

publicado por Luísa Castel-Branco às 09:15
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Chuck Gary a 27 de Agosto de 2008 às 02:27
"Para além da educação"...creio que ninguém se consegue libertar totalmente da "educação", aqui entendida como padrões de comportamento sexualmente diferenciados, incutidos na pessoa desde a nascença até à velhice.
Tendência para o silêncio...pois, homem que é homem não discute abertamente as suas fraquezas, desilusões ou "desorientações", (pois se nem existem!), muito menos ante uma plateia de machos concorrentes!
Aí é que entra a "tal" amizade, que com mais ou menos intimidade, ao se libertarem das pressões sociais, permitem que as almas fiquem mais transparentes e "despejem" tudo cá para fora!
Já agora, esclareça-nos também: as mulheres "despejam" sempre tudo entre elas, independetemente do grau de amizade?
De nada, e obrigado também.


De Sara a 10 de Setembro de 2008 às 16:26
Olá Luísa e Chuck !
Falando por mim, e não em nome das mulheres, acho que não há assim tanta diferença entre homens e mulheres e eu sou um exemplo disso. Dizem que as mulheres falam mais de sentimentos do que os homens... pois eu não. Para mim, falar dos meus sentimentos ou problemas emocionais é um tormento. São meus e sou eu que os devo guardar. O meu marido é o meu oposto e "reclama" do meu silêncio. Acho que cada ser humano tem a sua personalidade, independentemente do sexo!
Obrigado e até um dia destes!


Comentar post


Vox pop - E viva Campo de Ourique e as histórias felizes!

Fui lá armada em esperta. A intenção era saberm se aquelas mulheres que ali trabalhavam no Mercado de Campo de Ourique tinham sequer sabido da comemoração do Dia Internacional da Mulher.

E não é que todas, apenas uma excepção, tinham recebido presentes, eram casadas há mais anos do que imaginamos que ainda existam casamentos em Lisboa ?!

Toma lá Luísa para aprenderes!

posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds