Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

Desafio nº 21 – Expliquem-me o segredo do “Segredo”

 

 
O número de vendas a nível nacional e mundial deste livro é inacreditável.
Confesso humildemente que não percebo a razão, mas tenho algumas teorias que a justificam.
É exactamente isto que gostaria de partilhar convosco e também, saber a vossa opinião sobre o fenómeno do Segredo.
Passo pois a enumerar as minhas conjecturas:
 
1.A Bíblia foi durante séculos o maior livro de auto-ajuda, bem como outros livros sagrados de outras religiões.
2. A crise que mesmo antes do 11 de Setembro abalava já a Europa e alguns outros continentes (quem passa fome pode ter as mesmas duvidas existenciais mas acima de tudo tenta sobreviver à morte!), quer a nível económico, quer social e religioso, deu origem a esta “terra de ninguém” em que vivemos em grandes aglomerados e profundamente sós e isolados. As antigas comunidades com o Padre, os familiares, as comadres e tudo o resto, não foram substituídos.
3. A proliferação de novos cultos, em Portugal com a entrada das igrejas brasileiras, veio alterar o panorama da relação com a Fé. Enquanto as Igrejas Católicas estão cada vez mais desertas, assistir à saída do culto da Igreja Maná, só para dar um exemplo, é algo impressionante.
4.Cada vez há mais divórcios, mais pessoas sós, mais famílias monoparentais. Mesmo entre os jovens, os rapazes fogem do casamento como do fogo, muitas das jovens querem primeiro fazer a sua carreira profissional e a natalidade diminui de tal forma que já somos o país europeu com menos nascimentos por ano (salvam-se as comunidades emigrantes!)
5. O desemprego, o aumento do custo de vida, a falta de realização profissional numa sociedade cada vez mais competitiva onde o dinheiro, o parecer muito mais do que o ser dominam os valores, tudo isto contribui para um estado de depressão latente, onde os ricos se tornam mais ricos, cada vez existem mais pobres e a classe média está pura e simplesmente a desaparecer.
6. Por último, a sociedade exige que sejamos todos belos e jovens. A idade pesa a partir dos trinta, e no mercado de trabalho e dos afectos as consequências estão à vista.
 
Aqui fica a minha dissertação puramente racional sobre o estado da nação. E claro que sabemos que o que aqui se passa chega sempre com algum atraso em relação aos outros países.
 
Mas, dito isto tudo, onde entra a magia do SEGREDO?
O que leva tantas pessoas em todo o mundo a afirmarem que mudaram totalmente de vida graças a este livro?
Porque o pensamento positivo gera consequências positivas? Mas então seria tão simples! Visualizávamos o que queríamos (ai entra o cheque para colocar no tecto!) e já estava, tudo vinha ter às nossas mãos!
 
Confesso que não entendo.
E se alguma coisa aprendeu com a vida, foi a não ignorar o que não percebo, bem pelo contrário.
 
Aqui fica o meu pedido de ajuda a todos.
Aguardo as vossas opiniões e casos de vida.
Muito provavelmente sou eu que não sei interpretar o que li!
publicado por Luísa Castel-Branco às 15:11
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Karina a 25 de Setembro de 2008 às 12:28
Olá Luísa

O Segredo do segredo... para mim, é sentir.

Aprender a ouvir o coração, a intuição, deixar a alma manifestar-se, pois esta, com a sua sabedoria infinita sabe o que é melhor para nós.

Assim, alinhamos o desejo com o pensamento e é aí que se gera uma energia que atrai realmente "as coisas" que tanto desejamos.

Penso que todos nós sabemos, o que é realmente importante para nós, o que realmente nos faria feliz, é uma questão de honestidade para connosco. Se fizermos uma análise profunda do que queremos neste momento, largando as futilidades, o "eu quero porque o meu vizinho tem e não quero ser inferior a ele", podemos concentrar os nossos pensamentos no que realmente importa. e digo-lhe uma coisa, Luísa, quando estamos em sintonia, acontecem verdadeiros milagres...!!!

Obrigada pelas suas crónicas, sempre tão "reais"

Um abraço

Karina


De Dina G. a 25 de Setembro de 2008 às 16:29
Cara Luísa,
Devo dizer-lhe que não é a unica que não entende, eu já li " o SEGREDO " á mais de 6 meses e até agora a minha vida não mudou em nada e falta de pensamentos positivos não é porque ainda hoje não me sai da cabeça o Jackpot de 130.000.000.00 do Euromilhões.
Um big Beijo, e já agora aproveito para lhe dar os parabéns pelo desempenho da sua filha em " Vila Faia " está magnifica, um big Beijo para a Inês também.
DG


De Rosa Lopes a 26 de Setembro de 2008 às 14:01
Confesso que recebi esse livro de presente, mas tal como a Luísa Castelo Branco diz, e muito bem, também eu não entendi o significado do livro. Não sei se o erro será meu, mas o facto é que não me pareceu tão fantástico como se diz por aí!!


De Lurdes Gomes a 17 de Novembro de 2008 às 14:55
Olá Luísa
Também já li o "Segredo"e de facto concordo que não nos trás nada de novo nem de compreensivel, a não ser para os autores e aí deve estar o segredo! fazer um livro que por não se entender, está na boca de todos e nos faz comprar, para a bolsa dos autores ir crescendo e fazerem fortuna.Quem sabe se escrevesse-mos todos assim um livro,enriquecíamos e aí todos os nossos sonhos e desejos se tornavam realidade?!um abraço e haja paciência...


De Célia a 7 de Dezembro de 2008 às 22:10
Tem haver com o que realmente queremos e com o que somos. A nossa maneira de pensar atrai o que queremos e possuímos, por isso pensando positivamente irá contribuir para que percebamos o que realmente está á nossa frente e interpretar o sinal que nos é dado para sabermos agir correctamente e atingir os nossos objectivos. O facto de visualizar mos o cheque só nos lembra constantemente que queremos dinheiro e isso fará que o nosso pensamento esteja alerta e veja as oportunidades que surgem para o termos, sejam claras ou turvas essas oportunidades devem ser aproveitadas e na altura certa o dinheiro começa a aparecer porque aí já entendemos como alcançá lo. Mas isto tem de fluir de uma forma natural para captarmos o nosso verdadeiro ser com a intuição. Não é mecanizado é muito mais profundo que um simples "eu quero".


De Ana Malmequer a 9 de Dezembro de 2008 às 17:32
Cara Luísa,

dou-lhe desde já os parabéns, e às colegas leitoras d'O Segredo, pois conseguiram ler o livro até à última palavra. Eu não consegui tal proeza. Diz-se que o importante não é visualizar o que queremos nem pensar muito no que ambicionamos mas sim senti-lo. Diria que é ter a premissa do positivismo formatada no nosso eu, constantemente. Dizia-me uma amiga no outro dia que consegue sempre estacionamento à porta de casa, coisa que não acontece com mais ninguém daquela casa tão frequentemente quanto ela. A minha amiga justifica isso com: "eu acredito que vou ter lugar, aliás nem penso em não ter, e tenho sempre o lugarzinho à minha espera". A minha justificação é mais coerente: coincidência. Pois se de pensamentos não negativos nascessem coisas boas, eu teria conhecido o Cristiano Ronaldo na viagem que fiz à Madeira há uns anos atrás. E seria uma das mulheres amis ricas do Mundo, que acreditei sempre um dia vir a ser. (felizmente não sou a mulher mais rica mas felicidade, essa, não me falta)

Um beijo de uma leitora muito caladinha.
Ana


De Sofia Cruz a 11 de Janeiro de 2009 às 11:09
O segredo está em nós. É poético confesso e descabido até para alguns.

Mas realmente é a verdade. Basta pensarmos no oposto. Quando estamos mal, não olhamos a vida da mesma forma. Quando estamos em depressão, julgamo-nos sozinhos porque nos afastamos sem dar conta. Julgamo-nos desamparados e a culpa é apenas nossa.

A felicidade reage de forma (chamemos) "simétrica". Estamos bem e irradiamos o bem-estar aos outros. Ao estarmos felizes agimos com mais auto-confiança e propomo-nos a "voos mais altos". Ao desejarmos mais, fazemos mais e com mais força. É um ciclo..

E acho que é disso que o "Segredo" retrata. Não uma cura milagrosa para o mal do Mundo em que vivemos, mas uma forma de (através de acções atómicas, cada um agindo por si, visto que hoje em dia pouco fazemos realmente por nós) que possamos alcançar verdadeiramente aquilo a que nos propusemos.


Foi assim que o interpretei. Não como uma Bíblia, ou como uma nova religião. Mas sim como um livro que me pode ajudar a pensar mais em mim e no que realmente quero da vida. E ajudou.


De Valeria Vale a 17 de Fevereiro de 2009 às 10:33
Olá Luísa,

Eu também li o Segredo e não percebi o por quê tanta fama para este livro! Acho que foi essencilamente uma questão de marketing. A única verdade que retirei daquele livro é que efectivamente os pensamentos positivos atraem coisas positivas para a nossa vida, sejam elas pessoas, objectos, sentimentos...no entanto, não é com um livro que começamos a ter pensamentos positivos. Para isso é preciso treino e mudar o registo mental e, isso é deverás difícil, mas todos temos capacidade para chegarmos lá ;)



De Ana a 11 de Julho de 2009 às 01:08
Olá Luísa,
Também eu li O Segredo e penso que, em parte, Luísa tem razão. Nem sempre as coisas se resolvem por pensarmos positivo. Penso que o mais importante é mesmo abstrairmo-nos dos pensamentos negativos, tal como devemos manter-nos calmos antes dos exames-e, apesar de ter apenas 12 anos, senti isto na pele. =)
Mudando de assunto, sou fã da Luísa e do realismo das suas crónicas, penso que nunca me desiludi com aquilo que leio escrito por si. ;)
Beijinhos*


Comentar post


Vox pop - E viva Campo de Ourique e as histórias felizes!

Fui lá armada em esperta. A intenção era saberm se aquelas mulheres que ali trabalhavam no Mercado de Campo de Ourique tinham sequer sabido da comemoração do Dia Internacional da Mulher.

E não é que todas, apenas uma excepção, tinham recebido presentes, eram casadas há mais anos do que imaginamos que ainda existam casamentos em Lisboa ?!

Toma lá Luísa para aprenderes!

posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds