Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

Patrícia disse sobre Desafio nº14 – Hoje vamos falar de Amor

 na Sexta-feira, 24 de Outubro de 2008 às 15:42:

     

 

Acabei de ler todos os anteriores comentários, e concluo que todos eles tem o seu fundamento. Tenho 30 anos e até hoje procuro o dito Conde que me ame e aceite como sou, mas cada vez mais me convenço que esse mesmo Conde não existe. Todas as minhas anteriores relações não estavam destinadas a dar certo, assim como aconteceram também acabaram. Sempre acreditei no amor entre um homem/mulher, mas é como alguém disse anteriormente os homens são eternas crianças, e torna-se difícil de agir de igual para igual.
Admiro muito as relações que perduram com o passar do tempo, e ambas as partes se complementam. Isso sim, entendo como encontro de almas gémeas. Apesar de tudo acredito neste conceito e quem sabe se algum dia irei encontrar a minha, que preencha os vazios emocionais existentes na minha vida e me faça feliz.
Tudo no mundo acontece tão rápido, o contacto entre homens e mulheres acontece nas mais variadas circunstâncias que o próprio convite à infidelidade é constante e as pessoas caem em tentação tornando as relações efémeras.
Será que o amor homem/mulher existe? Sinceramente cada vez mais me convenço que é difícil existir.

 

Patricia,

Existe sim esse tal amor entre dois seres.

Se são efectivamente almas gémeas, isso só o tempo o dirá.

O amor pressupõe sempre abnegação e capacidade de dádiva.

Mas não pode nunca deixar de estar baseado no respeito por nós mesmas e pelo outro.

Um dia, quando menos o esperar, vai encontrar alguém.

Mas não um Conde, Patricia. Apenas um ser humano com os mesmos medos e duvidas que você.

Um grande beijo.

publicado por Luísa Castel-Branco às 11:42
link do post | comentar | favorito

Vox pop - E viva Campo de Ourique e as histórias felizes!

Fui lá armada em esperta. A intenção era saberm se aquelas mulheres que ali trabalhavam no Mercado de Campo de Ourique tinham sequer sabido da comemoração do Dia Internacional da Mulher.

E não é que todas, apenas uma excepção, tinham recebido presentes, eram casadas há mais anos do que imaginamos que ainda existam casamentos em Lisboa ?!

Toma lá Luísa para aprenderes!

posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds