Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

SerFeliz disse sobre Estamos a falar de sexo e muito mais

 na Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008 às 17:27:

     

 

Falar sobre sexo com as crianças não é tudo. É como ensinar aos filhos que não devem fumar. É preciso saber dar o exemplo. E no campo sexual nao falo em dar o exemplo explicito, mas é preciso termos bom e saudável sexo, para estarmos a altura de lhes transmitir o quão maravilhoso que é essa troca de sentimentos, afectos, ternuras, apenas essa química inexplicável, que para além de fundamentar uma união entre duas pessoas que se amam, dá também origem ao melhor que há no mundo, as Crianças. Claro está aqui que não vamos deixar transparecer mais do que a criança precisa de saber, mas as vezes não precisa de saber de nada, apenas sentir o que vai no ar, para que a criança, depois jovem, saiba o que significaram os sinais que lhes mostrámos.

O meu filho e 8 anos, ainda esta semana me disse, que o X e a Y tinha feito sexo durante um minuto. E fundamentou a sua afirmação com o olhar esquisito, e baralhado com que os dois foram apanhados, e com o facto da Y estar toda vermelha. Restavam-me duas opcções: e continuar enfiada nos meus pensamentos diários, ou conversarmos sobre o assunto, e leva-lo a entender que sexo é muito diferente e nao deixa as pessoas envergonhadas.

Acredito nestas crianças que serão os homens e mulheres de amanhã. Lembro-me tão bem de ouvir os meus pais dizer que a minha geração estava perdida., quando se falava de sexualidade aos 16 anos, quando aparecia uma jovem de 13 ou 14 gravida, ou quando passeávamos pelo Jardim de Belém e víamos casais jovens, que se beijavam, e abraçavam, e de amavam pelos bancos e pela relva. Mas a minha geração não se perdeu. Aqui estamos, agora a educar a próxima geração.

Tal como a Luísa diz, "o que hoje em dia se vive é o facilitismo, o prazer pelo prazer e a incapacidade de investir nas relações com todo o custo que isso implica." Eu acrescento um pouco, se me permite.

O problema do facilitismo não reside apenas em termos sexuais, mas em termos globais. E deixo a questão, não será esse mesmo facilitismo, a causa de tantos casamentos-divorcios-casamentos, a causa de um número reduzido de filhos, a causa do ciclo emprego-desemprego. ...?

Beijinhos e gostei muito do Blog!

 

Sem palavras!

Muito obrigada.

publicado por Luísa Castel-Branco às 12:43
link | comentar | favorito

Adriana Machado disse sobre Vamos iniciar uma aventura conjunta! 1º Parte

 no Sábado, 4 de Outubro de 2008 às 14:52:

     

 

 

Sempre que tenho um tempinho, gosto de passar por aqui e ler alguns das suas perspectivas , por vezes levam m mesmo a pensar em alguns aspectos que certamente nunca me passaria "pela cabeça"..desta vez resolvi deixar um comentário..principalmente porque estou a elaborar um projecto em que o tema e exactamente sobre o Artesanato, mas não apenas sobre o Artesanato tradicional, mas sim sobre uma área mais alargada deste mesmo, como a perspectiva de um artesanato com complemento monetário para algumas famílias , mas principalmente como terapia de varias formas, para a ocupação de tempo de cidadãos desempregados e como desenvolvimento de capacidades mentais, e adorei o seu comentário acerca deste assunto.
assim, gostaria muito de poder entrar em contacto consigo, seria uma mais valia para a formação de uma opinião e para que pudesse defender melhor u meu projecto do qual fazem parte mais 4 jovens adultas ). Já agora somos alunas do 12º ano do Curso de Ciências Sociais e Humanas, e pertencemos a um Colégio de vila nova de Famalicão , Externato Delfim Ferreira. aguardo ansiosamente uma resposta sua.

Um abraço, Adriana

 

Adriana,

Peço desculpas pelo atraso da minha resposta. Já expliquei anteriormente que razões pessoais me mantiveram afastada.

Mas aqui estou e ao seu dispor.

Envie-me por favor mais elementos sobre o que eu posso fazer pelo vosso projecto.

Um abraço,

Luísa

publicado por Luísa Castel-Branco às 12:38
link | comentar | favorito

Adoa disse sobre Desafio nº 21 – Expliquem-me o segredo do “Segredo”

 

 

na Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008 às 18:53:

     
 

Adoa, não sei de onde me escreve, onde é está, para onde foi seguindo o seu amor. Mas espero que tudo corra bem, e já agora , um conselho, e tiver que voltar atrás e reconhecer que errou, não deixa de ser uma grande mulher. Volte sempre.

confesso que nao conheco o livro...
É mesmo a primeira vez que oico falar nele, talvez por viver no estrangeiro. Talvez aqui o nome seja diferente... Quem é o/a autor/a? Mas uma coisa me chamou a atencao.

Tenho vindo a desenvolver a teoria "pessoal" de que tudo é melhor se o fizermos com um sorriso e positividade...
Vem dos meus tempos de depressoes. Estive muitos anos deprimida e só ultrapassei a situacao com os tais pensamentos positivos. Todos os dias escrevia num pequeno diário o que de bom teria acontecido ou o que de menos mau teria acontecido... Foi assim que consegui ultrapassar mais de 10 anos de uma depressao.

O pensamento positivo tem muita influencia na nossa vida mas, MAS!! tem de vir de dentro. nao se consegue forjar. Agora estou numa depressao e tento pensar positivo embora seja difícil. Muitas coisas aconteceram neste último ano que tenho de estar cansada, forcosamente... Mudei de país, estou longe de toda a minha família, novo relacionamento, afastamento do último relacionamento, mau trabalho(mas pelo menos trabalho,...), nao falo muito da língua do país em que estou a viver... a saúde está uma miséria... Bom, é uma verdadeira colectanea... Escolhi o meu futuro, ninguém me obrigou a seguir o coracao... segui o caminho do Amor... o preco é algo pesado a pagar mas nao importa, segui o meu caminho...

Por isso nao vou stressar com isso.
Vou acalmar, ou pelo menos tentar acalmar e levar as coisas pelo melhor caminho que conseguir visualisar.

Beijos

publicado por Luísa Castel-Branco às 12:32
link | comentar | favorito

posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds