Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

A experiência que só a vida nos dá

jose mendonça disse sobre Estamos aqui para a ajudar! na Segunda-feira, 30 de Junho de 2008 às 06:09:

     

 

Caro José,

Não sei a sua idade, mas encontrei nas suas palavras as marcas que a vida nos deixa.

Eu ia a acrescentar que era essa a razão pela qual as suas palavras são tão sábias quando me veio à cabeça que infelizmente, vivemos numa época em que a idade não é bem vista, nem bem aceite.

Geralmente, as pessoas, homens e mulheres, em vez de aceitarem as consequências fisicas que advêm dos anos, pelo contrário vivem em busca da eterna juventude.

O numero crescente de homens, no seguimento do que já acontecia com as mulheres e continua a acontecer, que se submetem a operações plásticas para enganar a idade, entristece-me.

Porque encontro no seu comentário aquela sabedoria que a idade nos dá, fruto de muitas lagrimas, alguns risos mas sempre de uma vida verdadeira.

Fico muito feliz pela sua ajuda em relação à Ana.

Porque embora concordemos os dois em absoluto, você é homem e faz-lhe bem a ela ouvir  que também podemos encontrar no nosso parceiro, alguém que sonha e luta pelos mesmos objectivos.

A vida não é fácil, ou melhor, cada dia é mais dificil, na minha opinião, ser feliz.

Porque está tudo demasiadamente acessivel, demasiadamente descartavel e esse empenho a longo prazo parece ter desaparecido do vocabulario e atitude que hoje rege as relações.

Mas vale e valerá sempre a pena lutar.

Um grande abraço e volte sempre.

publicado por Luísa Castel-Branco às 12:52
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Philip a 3 de Julho de 2008 às 14:38
Mas não concorda que se uma operação plástica vai mudar a forma como essa pessoa se vê a si própria e a vai fazer sentir melhor, então que essa pessoa faz bem em fazê-la?

Quero dizer... se uma cirurgia fizer sentir-me melhor, então porque não?


De Adoa a 8 de Julho de 2008 às 07:12
Ontem ao passar na sala mostrou na televisão uma entrevista com uma actriz espanhola chamada Sara Montiel. A senhora pelos vistos tem 80 anos... Será?
Eu não lhe daria tantos! E não é pelas plásticas feitas - tem a pele tão esticada que deve custar-lhe a falar - mas sim pela idade mental. Não me acredito que uma mulher que recorra constantemente a operações plásticas para combater os efeitos da idade seja feliz ou seja madura psicologica e até mentalmente... Elixir da juventude existe - o Amor, o recordarmos a nossa infância, o sermos felizes.
Tudo o que vem de fora como fórmulas milagrosas, não me acredito nelas... Tudo para o que se tenha de pagar dinheiro para sermos e sentirmos bem connosco próprios... Temos de desconfiar.
No entanto, devo dizer que fiz uma operação plástica. Não foi feita a pensar no meu exterior mas no meu interior. Passo a explicar:
Quando era mais nova passei por uma fase que durou uns anos em que me mutilava. Fi-lo umas quantas vezes o que me deixou a barriga cheia de cicatrizes. Mais tarde melhorei mas essas cicatrizes perseguiam-me... Os meus actos de desespero perseguiam-me e sentia também algo de vergonha neles.
A minha psiquiatra falou-me em fazer uma operação plástica para as remover. Pensei no caso e passados 2 anos fi-la. Devo dizer que já quase não se notavam quando a fiz. O problema é que elas existiam mais na minha cabeça, o que as transformava em enormes e impeditivas num processo de cura que desejava completo.
Hoje tenho uma grande cicatriz que é o resumo das outras... É a cicatriz do processo de cura e desta não tenho vergonha porque me permite falar do que se passou sem medo, sem vergonha... É o que me permite acabar de curar.
As outras operações plásticas apenas servem para desestabilizar quem por si já tem problemas em ser mais velha/o, em crescer.

Tenho orgulho nos meus cabelos brancos, tenho orgulho nas pequenas rugas que me estão a começar a aparecer... Tenho orgulho quando me recordo de um dia ao mostrar uma foto da minha bisavó, disseram que era uma fotografia de quando eu for mais velha!
Da idade só me assusta uma coisa o corpo e as dores do corpo. Assusta-me o facto de ter 36 anos e ter os ossos e cartilagens num processo degenerativo acompanhado de dores e que não sei controlar nem sei ainda o nome. Tenho medo de não poder trabalhar nem de poder fazer as actividades de que gosto, desporto, caminhar, passear, fazer Amor...
O facto de ser Amada dá-me forças de continuar e de querer lutar contra isto. O facto de ser Amada, diz-me que não me importa se incomoda os demais os meus cabelos brancos... O facto é que ainda há 3 meses atrás me perguntaram se tinha mais de 12 anos... É verdade... Tenho 36 anos e de vez em quando me perguntam a idade porque julgam que sou menor... Desta vez, estava eu na Alemanha e tinha um gorro na cabeça por causa da neve e não estava com os óculos... Sim, tinha um ar de felicidade o que também pode ter contribuído, mas, 12 anos? Nunca na vida irei fazer operações às rugas ou pintar o cabelo!

Vou sim continuar a AMAR e a ser feliz o mais que posso!

Carpe Diem!


Comentar post


Vox pop - E viva Campo de Ourique e as histórias felizes!

Fui lá armada em esperta. A intenção era saberm se aquelas mulheres que ali trabalhavam no Mercado de Campo de Ourique tinham sequer sabido da comemoração do Dia Internacional da Mulher.

E não é que todas, apenas uma excepção, tinham recebido presentes, eram casadas há mais anos do que imaginamos que ainda existam casamentos em Lisboa ?!

Toma lá Luísa para aprenderes!

posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds