Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Desafio nº9 - Afinal mudei de ideias!

 
Pois é verdade.
Foi preciso sobreviver às Festas, e entrar em 2008 com uma daquelas constipações que nos põem de cabeça perdida para chegar a esta conclusão.
Até pode ser, agora que o meu nariz deixou de pingar e até já respiro, agora que o corpo voltou ao seu lugar, ainda que me doa o suficiente para saber que me faltam uns dias para voltar à normalidade, até pode ser, dizia eu, que volte atrás na minha opinião.
Mas depois de ler o ultimo desafio do velho ano que vos lancei, fiquei para ali na cama, cheia de suores e calafrios, e cheguei a esta conclusão:
-Se calhar, em vez de tantos objectivos a alcançar no novo ano, porque não resumir tudo num, em algo mesmo muito importante?
Foi assim que cheguei a esta nova meta, que embora não aniquile todas as que eu mencionei, torna as coisas um bocadinho mais simples.
 
A saber:
 
POR CADA PENSAMENTO NEGATIVO QUE TIVER, VOU TER UM POSITIVO.
 
Ora sigam-me no meu raciocínio. Se algo me acontecer, como passar a primeira semana do ano de cama, tenho obrigação de pensar em algo positivo.
Por exemplo: É só uma constipação!
E durante os dias em que me arrastei da cama para a sala para logo voltar para a cama, tentei sempre, tentei com muita força não me esquecer disto.
 
Parece fácil mas não foi!
 
Depois há o dia-a-dia, que se está borrifando para a minha constipação.
E por cada notícia, contacto, etc. e tal que correu mal, obriguei-me a um pensamento positivo.
 
Eu sei que ainda só estamos a dia 8 mas até agora tenho mantido o meu objectivo.
Claro que, mais coisa menos coisa, a tal lista que eu fiz contem o fundamental, mas se eu for dando pequenos passos em direcção a esses grandes desejos, talvez lá chegue, talvez concretize alguns.
 
Portanto, aqui fica um novo desafio para as minhas amigas.
 
Só mais um exemplo meu, para vos iluminar:
 
Estou com oito (sim oito!) quilos a mais. E com tudo o que comi nesta quadra sinto-me ainda mais gorda,
Ok. Qual o pensamento positivo? As Festas já acabaram!
Assim que a constipação partir, dou início àquilo que se chama uma alimentação correcta!
 
O resto da lista fica para depois. Mas caramba, nós somos apenas seres humanos e nada mais, ainda que muitas vezes não pareça!
 
Aguardo os vossos comentários e até para a semana.
publicado por Luísa Castel-Branco às 19:34
link | comentar | favorito
12 comentários:
De Anónimo a 8 de Janeiro de 2008 às 15:05
Olá, pela 1ª vez estou a comentar no seu blog. Porquê também não sei. Depois li o nº8 e vi que também leu o "Segredo" que sempre vai ajudando no nosso dia-a-dia se assim pretendermos. Uma sugestão apenas, temos mesmo de Viver um dia de cada vez e abraçar quem nós gostamos, faz muito bem. Ãme-se, só assim pode amar a Vida com todo o seu explendor, Sol, Mar e outras coisas boas...
Encare a idade com uma benção de aprendizagem e goste-se, porque todas têm coisas muito bonitas. Já agora vamos ter todos os dias alguma atenção ao que come, porque quando nos esquecemos, depois é pior. Um Ano Novo EXCELENTE!


De Luísa Castel-Branco a 9 de Janeiro de 2008 às 18:01
Tem toda a razão. Abraçar quem amamos, é como um fluir de energia. Dá calor ao coração e animo à alma.
E viver um dia de cada vez não é fácil, mas é mesmo um bom desafio.


De o-amante a 8 de Janeiro de 2008 às 15:07
Não sei porquê tanto drama...
A vida é feita de desafios.. a toda a hora a todo o momento...
Assim também os objectivos, são mutantes.. sempre...
Não concordas??

E agora um desfio, para ti....
Um passeio por estradas proibidas.......

http://o-amante.blogs.sapo.pt/

SÊ FELIZ COM AS TUAS ESCOLHAS


BJS
o-amante


De Luísa Castel-Branco a 9 de Janeiro de 2008 às 18:08
Soa bem. Um passeio pelas estradas proibidas...
Dá espaço para cada um de nós escolher qual a estrada, qual a parte de si que está mais presa, qual o desejo mais profundo.


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2008 às 15:15
O seu pensamento vai de encontro à minha maneira de estar na vida, que é não me deixar arrastar pelas coisas más que acontecem nesta vida, e quando elas acontecem tentar encontrar o lado positivo... afinal de contas esta vida já é tão ingrata por si só que se não tivermos um espírito positivo torna-se ainda mais difícil de vivê-la.
Um bom ano.


De Luísa Castel-Branco a 9 de Janeiro de 2008 às 18:18
Entre o que penso e o que consigo fazer, vai um espaço enorme! Mas que tento, lá isso tento e com afinco.


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2008 às 15:23
Boa tarde, Luisa.
Tenho muita admiração por si, pelo seu trabalho e sobretudo pela sua perseverança positiva. Hoje, como ontem, e como amanhã, é um prazer ler algo de si ou ouvi-la.
Admiração é pouco para definir o estado de alma que se pressente em cada linha, em cada desabafo.
Se Deus existisse, teria concerteza entregue o mundo nas mãos das mulheres que, como você, sabem como ninguém expressar o extâse dos sentidos, e dos sentimentos verdadeiros. Sejam bons ou maus.
Falta sensibilidade ao mundo, falta pudor pelo egoismo latente ou manifesto, falta sentimentos puros como solidariedade e dádiva. Mas falta sobretudo respeito, pelo que somos, pelo que não somos, admitindo-o, e pelo que os outros representam na nossa vida. Um dia, todos precisamos de alguém. Queira Deus que seja por bem.
Bem haja a si, por existir.
Até sempre.


De Luísa Castel-Branco a 10 de Janeiro de 2008 às 14:35
Do fundo do coração agradeço-lhe os elogios que não são merecidos, e não o digo por falsa modéstia mas por amor à verdade.
Mas tem razão quando diz que um dia, todos precisamos de alguém. Assusta-me olhar à volta e ver tanta gente em busca da felicidade imediata, do prazer pelo prazer, gente que se move pela ambição e inveja.
A vida corre tão depressa e um dia, quem lhes estenderá a mão e os abraçará quando a beleza tiver acabado e apenas restar o final de um percurso?
Um grande abraço e um óptimo 2008 para si e para todos os que aqui conversam.


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2008 às 16:19
açho que tem razaõ somos demasiado exigentes´´connosco e com a vida um dia de cada vez.E obrigada mais um vez por inspirar algumas mulheres portuguesas .via no final do ano na tv é pena naõ ter um progama adoro ouvir as verdades que diz sem hipocrisias.BEM AZA.paulateresa.


De Luísa Castel-Branco a 10 de Janeiro de 2008 às 14:38
Obrigada Paula. Como muito bem diz gosto de dizer as verdades. Nunca mais ganho maturidade e bom senso!
Um abraço


De estrunfa a 9 de Janeiro de 2008 às 16:50
Estou consigo neste desafio. Em Dezembro de 2007 tive um problema cardíaco grave, recoperei e penso:podia ter morrido e estou aqui,há que viver pensando sempre no melhor e positivamente.O negativo só nos leva à tristeza. Em 2008 vou ser mais positiva e levar as coisas com mais calma. Bom Ano.


De Luísa Castel-Branco a 10 de Janeiro de 2008 às 14:42
Também eu tive uma segunda oportunidade e muitas vezes zango-me comigo mesma porque valorizo o que não vale a pena.
Espero sinceramente que consiga alcançar os seus objectivos para este ano. E com muita saúde.


Comentar post


posts recentes

Pois é, vem ai o Natal!

raquel disse sobre A dor ...

Ana Paula disse sobre Des...

Importa-se de repetir????...

Paula disse sobre Virgem ...

Sara disse sobre Virgem a...

Maria disse sobre Diário ...

Alexandra disse sobre DES...

sara disse sobre Negas a...

? disse sobre Diário de u...

Obrigada Maria

Negas ao sexo? Cuidado av...

Sobreviver a 2009

coisas q eu quero mudar e...

Sofia Diniz disse sobre A...

tags

todas as tags

arquivos

Dezembro 2011

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds